• Júlio Palazzo

Vitamina E e a função dos antioxidantes no nosso corpo

Atualizado: 13 de Abr de 2018

Saiba quais alimentos são fontes de vitamina E e seu benefício

A vitamina E possui potencial antioxidante, o que significa que é fundamental no combate aos radicais livres e ao envelhecimento celular precoce. Contudo, essa função apenas é ativada quando há contato com outras substâncias. Uma delas é a gordura. Por isso se diz que a vitamina E é lipossolúvel, pois necessita de gordura para ser absorvida.


“Quando se fala em uma vitamina lipossolúvel, deve-se entender que ao tomar alguma medicação que possa eliminar gordura corporal por um período muito longo, você vai ter uma diminuição da absorção da vitamina E. As vitaminas lipossolúveis são as vitaminas E, D, K e A, que necessitam de gordura para a absorção, ou seja, se você eliminar gordura, você prejudicar esse processo”, explica o nutrólogo Júlio Palazzo.


Principais fontes de vitamina E

Alimentos ricos em vitamina E são, em sua maioria, de origem vegetal. Cereais integrais, oleaginosas (amendoim, semente de girassol, amêndoa, nozes, avelãs) e sementes são alguns exemplos. Além desses, vale citar o fígado, a gordura que envolve a carne e a gema do ovo. O ideal é que a vitamina E seja consumida por um adulto saudável diariamente, em uma quantidade de cerca de 15 mg, por meio desses alimentos.


Como vários desses alimentos são ricos em gordura, eles devem ser consumidos em moderação, mas é importante saber que a vitamina E, em si, não engorda.

Caso a quantidade diária que o corpo necessita não seja atingida apenas pela alimentação, torna-se necessário recorrer à suplementação. Converse com seu médico, que pode, de acordo com suas necessidades nutricionais e características alimentares, recomendar a melhor opção.


Fonte: Cuidados pela Vida

© 2018 por Dr. Júlio Palazzo