• Júlio Palazzo

Reposição hormonal

É a restituição dos hormônios do nosso corpo.

Depois dos 30 anos, todo mundo perde 2% de produção de hormônio. Só que, para manter a saúde e a disposição, é possível repor os hormônios que estão em falta no organismo. Uma das funções da reposição hormonal é manter a idade cronológica de acordo com a idade biológica.



📌Não existe idade certa para fazer reposição hormonal. Depende de pessoa para pessoa.

Por isso é tão importante fazer exames para detectar se há carência hormonal ou não. A queda hormonal também está atrelada ao nível de estresse da pessoa, pois alguns hormônios estão diretamente relacionados com a glândula do estresse, a suprarrenal.


A reposição hormonal de TESTOSTERONA, com o intuito da melhora sexual, e da performance física realmente é possível, porém devemos ficar atentos, pois por exemplo, a testosterona na reposição pode se transformar em estradiol, caso aconteça o excesso de uso.


⭕Antes de sair colocando qualquer hormônio para dentro do seu organismo, é preciso dosá-lo por meio de exame. Ele só será reposto, caso esteja em falta.


Atualmente, a reposição mais utilizada é por meio de hormônios bioidênticos em gel. Eles são produzidos em laboratório, mas tem estrutura molecular idêntica a nossa.

Por isso, não provocam efeitos colaterais que os hormônios sintéticos poderiam gerar. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2018 por Dr. Júlio Palazzo