top of page
  • Foto do escritorJúlio Palazzo

OBESIDADE E DEPRESSÃO, o que elas tem em comum?


🚨 A obesidade tem sido um dos grandes desafios da medicina.


👉🏻Além de ser uma doença grave e progressiva, ela pode levar a uma total incapacidade destas pessoas em realizarem as suas tarefas mínimas diárias, envolvendo assim os entes queridos nesta batalha que parece não ter fim.



E onde entra a depressão ai? 🤔


✔️Bem neste caso temos que entender que um dos hormônios mais envolvido no mecanismo da depressão e também o responsável em controlar o nosso apetite dando saciedade na alimentação que é a SEROTONINA.



👉🏻Produzida 95% no intestino e também pelo pâncreas (e neste caso liberada junto com os grânulos de insulina).


👉🏻Nos inúmeros tratamentos que encontramos para o tratamento da obesidade, encontramos aqueles que estimulam a liberação da insulina e outros que modulam o apetite com aminoácidos e também os medicamentosos.



✅Que é o caso da SIBUTRAMINA, que tem uma ação semelhante a alguns antidepressivos, tendo no seu mecanismo de ação a RECAPTAÇÃO DA SEROTONINA.



📌Com isso a dosagem deste hormônio em pacientes obesos é fundamental, e lembrando que a melhor forma de reposição é injetável, e não por via oral. #ficaadica😉

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page